25 de dezembro de 2010

Conheça o lugar onde Jesus nasceu


Você já pensou em conhecer o lugar em que Jesus Cristo nasceu? Vamos dar um passeio na cidade de Belém, na Terra Santa.

Belém está localizada a 9 km de Jerusalém, em uma colina rochosa no limite do deserto da Judeia. Sua população atualmente é de aproximadamente 30 mil habitantes, sendo que 12% destes são cristãos. Segundo o Antigo Testamento, é o local onde Davi passou a infância e se tornou rei, quando ainda era um simples pastor de ovelhas.

”E tu, Belém Efrata, posto pequena entre milhares de Judá, de ti me sairá o que será Senhor em Israel” (Miqueias 5,2).

Essa profecia se cumpriu quando César Augusto ordenou que os súditos de todas as Províncias do Império Romano fossem recenseados, decreto este que trouxe Maria e José de Nazaré à sua cidade natal.

”José também subiu da Galiléia, da cidade de Nazaré, para a Judéia, a cidade de Davi, chamada Belém, por ser da casa e família de Davi, a fim de alistar-se com Maria, sua esposa, que estava grávida. Aconteceu que estando eles ali, completaram-se-lhe os dias, e Maria deu a luz o seu Filho Primogênito, enfaixou-o e o deitou na manjedoura porque não havia lugar para eles na hospedaria” (Lucas 2,4-7).

Desde esse acontecimento, que marcou a transição entre o Antigo e o Novo Testamento, Belém se tornou imortal e vive no coração de milhões de cristãos.

Assista:


:: Veja fotos

Gruta da Natividade

“Vimos a sua estrela no oriente, e viemos para adorá-lo… e eis que as estrelas que viram no oriente os precedia, até que, chegando, parou sobre onde estava o menino” (Mateus 2, 2-9).

A gruta é o ponto alto da Basílica da Natividade. O teto original do local foi substituído por outro de alvenaria do século IV. As paredes foram revestidas de aminiato à prova de fogo.

A gruta da manjedoura

Na gruta da manjedoura, local em que estava a manjedoura que abrigou Jesus após Seu nascimento, encontramos o altar dos Reis Magos. O solo é recoberto de mármore e no altar-mor encontra-se a estrela de prata – incrustada no chão – significando a “Natividade”, o provável local do nascimento de Cristo.

Gruta do Leite

Uma gruta próxima à Basílica da Natividade é considerada, segundo a tradição, o local onde a Sagrada Família parou, enquanto fugia para o Egito e onde, também, Nossa Senhora amamentou o Menino Jesus. A mesma tradição afirma também que, durante a amamentação, uma gota de leite caiu sobre a rocha da gruta, a qual se tornou branca. Razão pela qual o lugar ficou conhecido como a Gruta do Leite. Tanto os cristãos como os islâmicos acreditam que o pó branco do lugar ajuda a estimular a produção do leite materno e a intensificar a fertilidade.

No lado externo da gruta é possível encontrar uma sala reservada para testemunhos de mulheres de diversos países que tinham problemas de fertilidade e que após ingerirem o pó conseguiram engravidar.

Gruta de São Jerônimo

No ano 386, São Jerônimo instalou-se em Belém, onde fundou um mosteiro e concluiu uma nova tradução da Sagrada Escritura para o latim, iniciada em Roma por ordem do Papa São Dâmaso, de quem era secretário. Essa tradução foi adotada pela Igreja Católica como o texto oficial da Bíblia, sob a designação de “Vulgata”. Essa grande santo da Igreja morreu junto à Gruta de Belém em 420, aos 90 anos de idade.

Campo dos Pastores

A 3 km da Basílica da Natividade, em Belém, encontra-se o Campo dos Pastores. Segundo a tradição, trata-se do local onde os pastores receberam, por intermédio de anjos, o anúncio do nascimento de Jesus nessa cidade [em Belém].

O local desse acontecimento tem origem nas ruínas de um antigo monastério bizantino. O ambiente é composto por uma gruta, um santuário em meio a um jardim cuidado pelos Frades Franciscanos.

Fonte;cancaonova.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário